Tag Archives: Cadastur

As estrelas estão de volta
   Severino  Carvalho  │     20 de agosto de 2013   │     11:59  │  0

Utilização caiu em desuso ou ficou banalizada

Estrelas: utilização caiu em desuso ou ficou banalizada

Tempos atrás se escolhia o hotel em que se desejava ficar por meio das estrelas estampadas em local de destaque nas fachadas dos estabelecimentos.

O sistema de classificação, entretanto, caiu um pouco em desuso ou foi banalizado em muitos casos.

Desde de 2011, porém, o Ministério do Turismo (MTur), por meio da portaria número 100 (de 16 de junho) instituiu o Novo Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass), estabelecendo os critérios de classificação destes e criando o Conselho Técnico Nacional de Classificação de Meios de Hospedagem (CTClass).

O novo sistema se constitui numa ferramenta eficiente de comunicação entre o setor hoteleiro e os turistas. Tem como objetivo orientá-los em suas escolhas de maneira clara e objetiva.

Vale lembrar que a classificação de meios de hospedagem é largamente utilizada por países líderes no turismo.

O Novo Sistema de Classificação de Meios de Hospedagem brasileiro é voluntário. Mas para isso é necessário que o estabelecimento esteja cadastrado no Ministério do Turismo por meio do Cadastur.

A classificação é válida por um período de três anos, podendo ser renovada por igual período de tempo. As avaliações serão feitas por inspetores competentes nas instalações do Meio de Hospedagem.

O Sistema Brasileiro de Classificação estabeleceu sete tipos de Meios de Hospedagem, para atender a diversidade da oferta hoteleira nacional (Hotel, Resort, Hotel Fazenda, Cama & Café, Hotel Histórico, Pousada e Flat/Apart-Hotel) e utiliza a consagrada simbologia de estrelas para diferenciar as categorias.

Considerando que cada tipo de meio de hospedagem reflete diferentes práticas de mercado e expectativas distintas dos turistas (um Hotel 5 estrelas é diferente de uma Pousada 5 estrelas, por exemplo), o SBClass estabeleceu categorias específicas para cada tipo:

  • Hotel – de 1 a 5 estrelas
  • Hotel Fazenda – de 1 a 5 estrelas
  • Cama & Café – de 1 a 4 estrelas
  • Resort – de 4 a 5 estrelas
  • Hotel Histórico – de 3 a 5 estrelas
  • Pousada – de 1 a 5 estrelas
  • Flat/Apart-Hotel – de 3 a 5 estrelas

Mais informações: http://www.classificacao.turismo.gov.br/MTUR-classificacao/mtur-site/index.jsp

Tags:, , ,

>Link  

O Cadastur mais simples
   Severino  Carvalho  │     13 de agosto de 2013   │     11:40  │  0

O sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no Turismo, o Cadastur, ficou mais simples e inclusivo. A partir de agora, os pequenos empreendedores individuais, como jangadeiros e bugueiros, podem fazer parte do cadastro de prestadores de serviço do setor em qualquer categoria. Ao se cadastrarem, eles passam não só a ter regras para atuar, como se beneficiam das vantagens dos cadastrados. A informação é do Ministério do Turismo (Mtur).

Também não é mais necessário apresentar alvará de funcionamento para obter o cadastro. “Entendemos, que a competência de fiscalizar o alvará é da administração pública municipal”, explica o coordenador Geral de Serviços Turísticos do Mtur, Jair Galvão Neto Jair sobre a mudança.

O secretário Nacional de Políticas de Turismo,  Vinícius Lummertz, afirma que as mudanças são uma forma de se adequar ao próprio mercado. “Há muitos microempreendedores que atuam no turismo e contribuem para movimentar a economia, temos de incluir esses profissionais e regularizá-los”.

As mudanças na portaria 130/2011 também tornou explícita a permissão de cadastrar veículos prestadores de serviços de terceiros, já que a própria Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) permite, desde que se comprove o vínculo entre a empresa e o proprietário do veículo.

A portaria também aumenta o prazo de renovação de cadastro de guias, de dois para cada cinco anos. A medida economiza recursos e mão de obra com a emissão do documento. Hoje são confeccionadas cerca de 800 carteirinhas por mês. As mudanças serão implementadas até o final do ano.

Fonte: Mtur

Tags:

>Link  

Empreendimentos da Costa dos Corais entram para o Cadastur
   Severino  Carvalho  │     5 de março de 2013   │     10:54  │  1

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) informa que a Coordenação Regional de Serviços Turísticos em Alagoas, Cadastur, continua com as ações estruturais neste ano de 2013. Segundo a Setur, o mês de fevereiro foi repleto de atividades voltadas para a legalidade da atividade turística. Além de cadastramento e renovações de cadastros, foram realizadas ações pontuais como a ‘Ação Verão Legal’ e palestras sobre o funcionamento do Cadastur.

Novos empreendimentos situados na Costa dos Corais alagoana, Litoral Norte do Estado, também entraram para lista do Cadastur. Saiba mais sobre esta importante ferramenta por meio do texto abaixo, encaminhado pela assessoria de imprensa da Setur.

Entraram para a lista do Ministério do Turismo: agência de Turismo Brasilvip Transportes, a Pousada o Casarão (Passo de Camaragibe), a Batel Pousada (Coruripe), a transportadora turística Transportes São Miguel (Junqueiro) e 25 novos guias de turismo, todos do município ribeirinho de Piranhas.

Além do cadastramento, o Cadastur se preocupa também com a renovação desse cadastro, e, por isso, com regularidade realiza visitas aos estabelecimentos e profissionais. Só em fevereiro foram renovados os cadastros da Agência Aeroturismo, da Pousada dos Jangadeiros (Maragogi), Pousada Barra Sol (Barra de São Miguel), da transportadora turística, JovenTur Turismo, além de três guias de turismo de Maceió.

Algumas regiões, por demanda e procura, recebem ações pontuais, como a região dos Quilombos e a dos Caminhos do São Francisco, em fevereiro. No município de União dos Palmares, o Cadastur apresentou uma palestra sobre o funcionamento do sistema nacional do MTur, explicando quem deve ser cadastrado e também quem pode estar no MTur, mesmo sem a obrigatoriedade exigida.

Já em Piranhas, a ação foi focada no cadastramento de novos guias de turismo, uma ação com resultado expressivo. “Foram cadastrados 25 guias”, vibrou a coordenadora Regional de Serviços Turísticos em Alagoas, Rosário Passos.

As ações de conscientização são reforçadas durante a alta temporada. Segundo Rosário, uma das preocupações da Secretaria de Estado do Turismo é qualificar e legalizar os prestadores de serviços turísticos para que Alagoas tenha, efetivamente, um turismo ‘Legal’, e também, para que o turista não seja prejudicado pelo produto comprado, seja um passeio ou um pacote com hospedagem, entre outras situações.

O Cadastur abrange sete campos do turismo: meios de hospedagem, transportadoras (turísticas), agências, organizadoras de eventos (congressos, feiras ou congêneres e prestadores de serviços especializados), parques temáticos e guias.

A regularização é gratuita. A empresa ou profissional podem efetuar um pré-cadastro pelo site do Ministério do Turismo: www.cadastur.turismo.gov.br. De posse do formulário e documentação exigida (original e xerox) devem se dirigir à Coordenação Regional de Serviços Turísticos/SETUR-AL, para a homologação do cadastro e liberação do certificado. O site da SETUR/AL, www.turismo.al.gov.br, traz mais informações e orientações.

Além da obrigatoriedade, existem vantagens e oportunidades para quem se cadastrar, como: visibilidade, fazer parte do banco de dados no Site Cadastur /MTur, tornar-se fonte de consulta para turistas que buscam serviços turísticos de qualidade – além de acesso à linha de crédito, participação em eventos e programas de qualificação realizados pelo MTur e pela Embratur.

Fonte: Setur

Tags:

>Link