Monthly Archives: junho 2015

Maragogi, entre golfinhos e tubarões
   Severino  Carvalho  │     30 de junho de 2015   │     12:06  │  0

Tubarão capturado por pescadores em alto-mar (Foto: Gazeta de Alagoas)

Tubarão capturado por pescadores em alto-mar (Foto: Gazeta de Alagoas)

Desde o domingo (28), venho recebendo diversas ligações telefônicas e mensagens de amigos distantes, inclusive jornalistas, querendo saber sobre a veracidade de um tubarão-martelo capturado em Maragogi, aqui no Litoral Norte de Alagoas.

Assim como eu, eles receberam vídeos através do WatsApp que apresentam um colossal tubarão-martelo com aproximadamente três metros de comprimento.

Nos vídeos que circulam pelas redes, especialmente em um deles, o narrador afirma: “Olha, pego aqui em Maragogi”! No Facebook, postagens também relatam que o predador foi capturado na PRAIA de Maragogi. Não é verdade!

Ao afirmar que o tubarão foi capturado na PRAIA de Maragogi, passa-se a (des) informação de que o animal foi pego na costa marítima, frequentada por turistas de várias partes do Brasil e do mundo.

Maragogi é o segundo maior polo hoteleiro de Alagoas. Só perde para a capital Maceió em número de leitos disponíveis. O turismo, então, é a principal atividade econômica do lugar. E é justamente isso que está em jogo.

Quem, em sã consciência, vem se hospedar e banhar-se num lugar habitado por perigosos e vorazes tubarões?

As redes sociais têm sido uma ferramenta muito importante em nossos dias, mas, também, há inúmeros exemplos de mau uso, que já resultou em tragédias, como linchamentos, suicídios, ataques à honra, dentre outros.

Conscientemente ou não, o ataque aqui é contra o turismo de Maragogi, que sangra.

Curiosamente, naquele domingo, eu acabara de postar uma matéria na GazetaWebMaragogi.com revelando que golfinhos são “os novos habitantes da Costa dos Corais” ( http://gazetawebmaragogi.com/destaques/golfinhos-sao-os-novos-habitantes-da-apa-costa-dos-corais ).

Esses dóceis mamíferos surgem geralmente no inverno e acompanham as embarcações que se deslocam às piscinas naturais de Maragogi, para o deleite dos turistas.

Ao sair para comprar água naquela tarde de domingo, me deparei com uma grande confusão na praia urbana da cidade. Era o tubarão-martelo capturado pelos pescadores.

Entrevistei o responsável pela façanha: Geovane Severino da Silva, 36 anos. Ele afirmou, categoricamente, que o animal foi pego a quilômetros de distância da costa.

“Quando a gente pegou, ele já estava morto, em alto-mar, muito distante daqui”, disse Geovane, que capturava camarão com outros pescadores, quando se deparou com o bicho.

Golfinho acompanha embarcação com destino às piscinas naturais (Foto / reprodução: Severino Carvalho)

Golfinho acompanha embarcação com destino às piscinas naturais (Foto / reprodução: Severino Carvalho)

Estou em Maragogi há 12 anos, onde desempenho a função de repórter, e nunca ouvi relatos de ataques de tubarões a banhistas ou de captura desses animais próxima à costa.

Conversei com pescadores experientes que também negam o fato. Os que se arriscam nessas pescarias, atuam em águas oceânicas profundas, a quilômetros do belo e protegido litoral, graças à extensa barreia de arrecifes, que a tudo guarda e transforma em piscina natural.

Para a Gazeta de Alagoas, noticiei a captura do tubarão-martelo na edição desta terça-feira (30). Entrevistei o analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Iran Normande.

Ele disse que não há motivo para pânico e que o animal foi capturado em seu habitat, ou seja, em alto-mar, onde outras espécies de predadores vorazes também habitam.

“O tubarão foi encontrado no ambiente dele, então, é comum a ocorrência desta espécie e de outras em alto-mar. Não há motivo para pânico, mesmo porque em um ambiente equilibrado, o tubarão não vai atacar humanos, sobretudo em regiões costeiras”, observou Normande.

Por essas e outras é que prefiro ficar com as imagens dos graciosos golfinhos e fugir dos tubarões que nos rodeiam pelas redes sociais. Esses, sim, podem fazer grandes estragos!

>Link  

Costa dos Corais Convention promove 1° Festival Ambiental
   Severino  Carvalho  │     17 de junho de 2015   │     20:22  │  0

3011 - Trilha Visgueiro Maragogi (SC) 235

Trilha do Visgueiro guarda fonte de água cristalina (Fotos: Severino Carvalho)

O Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCC&VB) promove, no período de 18 a 20 de junho, o 1º Festival Ambiental da Costa dos Corais. O evento será realizado nas cidades de Maragogi e Japaratinga, Litoral Norte de Alagoas, e tem como objetivo despertar a comunidade local e visitantes para as questões ambientais.

Uma vasta programação foi desenvolvida, que contará com palestras, cinema, trilha, desfile e exposições voltadas à reciclagem e à preservação do peixe-boi marinho.

“Nosso desejo é realizar um evento anual que proporcione à região da Costa dos Corais a disseminação de informações ambientais de qualidade, através de atividades que envolvam a comunidade, os visitantes e o trade turístico”, detalhou o diretor executivo do CCC&VB, Leandro Lira.

De acordo com ele, o projeto do 1º Festival Ambiental da Costa dos Corais foi desenvolvido pelo Núcleo Ambiental do CCC&VB, recém-criado e formado por colaboradores voluntários. O Costa dos Corais Convention é uma entidade representativa do trade turístico do Litoral Norte de Alagoas.

A missão da entidade é desenvolver ações que garantam o turismo sustentável, representando seus associados na geração de negócios e na promoção do destino. A entidade foi destaque em 2014 no prêmio Braztoa de Sustentabilidade, conseguindo o primeiro lugar na categoria parceiros institucionais.

Grande visqgueiro

Grande visgueiro empresta nome à trilha

O 1º Festival Ambiental da Costa dos Corais será aberto nesta quinta-feira (18), às 8 horas, no auditório da Cooperativa dos Pequenos Agricultores Organizados de Maragogi (Coopeagro). A bióloga Roberta Carvalho vai ministrar a palestra “Ambiente marinho e a busca da sustentabilidade na APA Costa dos Corais”. O público-alvo são os alunos da rede pública de ensino. A entrada é franca.

O evento se encerra no sábado (20), quando acontece uma expedição à Trilha do Visgueiro, idealizada e mantida pela Coopeagro no Assentamento Água Fria, em Maragogi. Mais informações: (82) 32961305

www.costadoscoraisalagoas.com.br

Confira a programação:

 PROGRAMAÇÃO – 18/06 (Quinta-feira) 
 8h Palestra: Ambiente marinho e a busca da sustentabilidade na APA Costa dos Corais. Facilitadora: Roberta Carvalho (Bióloga) Público-alvo: Alunos da rede pública de ensino COOPEAGRO – Maragogi 

 

10h Lanche
 10:30h Palestra: O papel dos Educadores na Formação de Cidadãos Sustentáveis. Facilitador: Guilherme (Biólogo) Público-alvo: Educadores
 14h Palestra: Ambientes Coralíneos. Palestrante a definir. Público-alvo: Trade Turístico Hotel Praia Dourada
 20h Cinema na praça: Wall-E Praça Santo Antonio(Maragogi)

 

 PROGRAMAÇÃO – 19/06 (Sexta-feira)
 9h Exposição: Projeto Peixe-boi Marinho. Facilitador: Associação Peixe-boi. Público-alvo: População em geral Centro de Informação Turística(Maragogi)
  14h Palestra: APA Costa dos Corais e os desafios para a prática do Turismo Sustentável.Facilitador: ICMBio. Público-alvo: População em geral Japaratinga
 19h Cinema na praça: Wall-E Japaratinga, Praça NSª das Candeias

 

 PROGRAMAÇÃO – 20/06 (Sábado)
 8h Eco Expedição Saída: Praça Santo Antônio. Palestra: A Mata Atlântica e sua importância.Facilitador: Felipe Cavalcanti, Erasmo e LeudsonPúblico-alvo: População em geral Trenzinho + Caminhada na Trilha do Visgueiro Inscrição: R$ 10,00(Camisa + Kit lanche)
  19h Desfile e exposição das escolas particulares. Tema: Resíduos sólidos  Praça Santo Antônio

 

>Link  

Hoteleiros discutem higienização e conservação de enxovais em Maceió
   Severino  Carvalho  │     10 de junho de 2015   │     9:43  │  0

AcomodaçõesOs hoteleiros de Alagoas têm a oportunidade de aprender e trocar informações sobre conservação de enxoval nesta quarta-feira (10), em evento promovido por uma empresa baiana especialista em higienização profissional. O encontro faz parte do CIC – Circuito Indeba de Conhecimento e acontece de 8h15 às 12h, no Maceió Atlantic Suites.

A agenda matutina terá duas palestras com pausa para coffee-break: Aquisição e durabilidade de tecidos no setor hoteleiro, com Edson Silva; Manchas no setor hoteleiro – como prevenir, com Marcelo Pierri.

Segundo Pierri, engenheiro químico da empresa, o enxoval hoteleiro é o cartão de visitas de um hotel e precisa dos cuidados adequados para garantir conforto e satisfação do cliente.

Em sua palestra, ele vai reforçar a importância dos cuidados com este material, já que boa parte dos danos em toalhas e lençóis, por exemplo, são evitáveis.

“Vamos mostrar ao setor de lavanderia hoteleira como podemos prevenir as manchas por meio do conhecimento do problema e identificando a solução, tanto no processo, quanto no procedimento externo. Muitas vezes, uma simples mudança de hábito pode reduzir vários problemas com o enxoval”, explica o especialista.

De acordo com o gerente de negócios, Adriano Leão, a empresa é líder em fornecimento de produtos de lavagem entre os principais hotéis com lavanderia em Alagoas.

“Em Maragogi, por exemplo, 70% do enxoval da hotelaria é lavado com esses produtos”, estima.

Esta edição do evento tem apoio da TCL Consultoria e Assessoria. Ao todo, são onze edições pelo Brasil neste ano. Após Maceió, o CIC passará ainda por sete cidades em São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Tocantins. 

Projeto CIC

O Projeto CIC foi desenvolvido pela Indeba visando promover a difusão do conhecimento na área de higienização e limpeza.

Como um dos líderes nacionais do mercado e com vasta produção de informações em seus laboratórios e atendimentos, a empresa criou o projeto para compartilhar conteúdo, por meio de um calendário de eventos em diferentes locais do país.

Serviço:

Evento CIC – Circuito Indeba do Conhecimento

Data: 10/06/2015.

Horário: 8h15 às 12h.

Local: Maceió Atlantic Suites (Av. Álvaro Otacílio, 4065, Jatiúca)

>Link  

O festival gastronômico mais saboroso de Alagoas vem por aí…
   Severino  Carvalho  │     8 de junho de 2015   │     11:53  │  0

A lagosta Camurim Grande (Divulgação)

Pratos à base de lagosta serão desenvolvidos pelos restaurantes exclusivamente para o festival gastronômico (Arquivo)

Os preparativos para a realização do evento gastronômico mais saboroso de Alagoas já começaram. A Secretaria Municipal de Turismo de Maragogi e o Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCC&VB) apresentaram, durante reunião com o trade turístico, o projeto da 6ª edição do Festival Gastronômico da Lagosta.

O evento vai acontecer de 2 a 27 de setembro deste ano, na Praça de Eventos de Maragogi e nos restaurantes conveniados.

“O festival tem dois objetivos. O primeiro deles é gerar fluxo turístico e com isso aquecer economicamente toda a cadeia produtiva ligada a este setor. O segundo é tornar a gastronomia um atrativo turístico, estimulando os restaurantes a elevar a qualidade de seus produtos e serviços”, declarou a secretária municipal de Turismo de Maragogi, Mariana Gorenstein.

O projeto do Festival da Lagosta, em sua sexta edição, foi apresentado ao trade turístico na sede do CCC&VB na terça-feira (2). Até agora, 14 restaurantes estão inscritos e participarão do evento gastronômico.

A novidade para esta edição será a criação de um espaço exclusivo para os restaurantes que venderão seus pratos à base de lagosta dentro da arena gastronômica, a ser montada na Praça de Eventos João e Nanu.

“Devido à grande procura na edição passada, percebemos que alguns consumidores ficaram sem mesa durante o festival, por isso a necessidade de se criar um espaço exclusivo para as refeições, mas dentro da própria arena, que funcionará de 2 a 7 de setembro”, explicou Mariana.

Durante o festival, serão realizadas apresentações musicais, artísticas e shows de humor abertos ao público. “A proposta é valorizar os grupos locais”, enfatizou a secretária. Além dos restaurantes, haverá ainda quiosques para a venda de petiscos à base de lagosta, a exemplo do que ocorreu na edição passada dentro da arena gastronômica. 

As inscrições seguem até o dia 15 de junho. Os estabelecimentos interessados em participar devem se inscrever na sede do CCC&VB ou da Secretaria Municipal de Turismo de Maragogi. 

Informações acerca das inscrições e do festival podem ser obtidas através do telefone: (82) 3296-1305.

Tags:

>Link