Campanha contra o trabalho infantil de Maragogi é selecionada pelo Mtur
   Severino  Carvalho  │     17 de dezembro de 2014   │     12:28  │  0

campanhaA campanha “Maragogi em Defesa da Criança e do Adolescente”, lançada em 2013, está entre as dez experiências de sucesso em gestão e inovação no turismo. O projeto, que mostra ao visitante a importância de prevenir e enfrentar a exploração do trabalho infantil na indústria de viagens e turismo, foi selecionado para compor a publicação Boas Práticas no Turismo, lançada na terça-feira (16), em Brasília (DF), pelo ministro do Turismo, Vinicius Lages, e o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

Um dos resultados mais relevantes do projeto é o aumento do retorno de crianças e adolescentes às escolas e aos programas sociais no município, já que boa parte deles efetivamente deixou de trabalhar na confecção de artesanatos com palha de coqueiro. O conceito da campanha foi criado em parceria entre as secretarias municipais de Turismo, Assistência Social e do Meio Ambiente, com o apoio do Conselho Tutelar, da Guarda Municipal e da Polícia Militar da região.

De acordo com a secretária municipal de turismo, Mariana Gorenstein, a campanha alcançou a meta de reduzir em 95% o trabalho infantil no setor. Além disso, a prefeitura continua investindo em ações de fiscalização, o que evita o retorno dessas crianças ao trabalho. O lema do programa, “Proteger é o nosso maior desafio”, revelou-se uma mensagem eficaz junto aos turistas, que deixaram de comprar peças cuja mão-de-obra de trabalho era infantil.

“Os visitantes às vezes têm a visão de que comprando eles estão ajudando, incentivando as crianças a sair dessa condição, mas na verdade estão incentivando a sua permanência. Por isso informação é fundamental”, afirmou Mariana. A experiência alagoana foi mapeada em pesquisa do Índice de Competitividade do Turismo Nacional, realizada pela Fundação Getúlio Vargas a pedido do MTur, para acompanhar a evolução da atividade turística em 65 destinos de todo o país.

O trabalho de campo foi realizado entre março e junho deste ano. Ao todo, 11 projetos, em mais de 80 analisados, se destacaram pela inovação em um produto, processo, método de marketing ou organizacional. O objetivo é identificar e divulgar as boas ideias desenvolvidas por destinos brasileiros, a fim de multiplicar essas iniciativas.

Com informações da Secom Maragogi

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *