Na contramão, resort fecha as portas em São Miguel dos Milagres
   Severino  Carvalho  │     23 de janeiro de 2014   │     15:24  │  1

Na contramão do bom momento vivido pela hotelaria em São Miguel dos Milagres, resort fecha as portas (Fotos: Severino Carvalho)

Na contramão do bom momento vivido pela hotelaria em São Miguel dos Milagres, resort fecha as portas (Fotos: Severino Carvalho)

Construído em 1998 e administrado nos últimos dez anos pela empresária catarinense Lores Ceratti, o resort Costa dos Corais, antigo Tarumã, fechou as portas em São Miguel dos Milagres, Litoral Norte de Alagoas. Arrendatária, Lores alegou que “um imbróglio jurídico” entre o proprietário e o banco investidor a impedia de promover reformas na antiga estrutura, o que inviabilizou o negócio.

“Meu sentimento é mais de alívio do que de decepção, porque tenho a certeza de que fiz o meu melhor durante todo esse tempo em que estive à frente do negócio. Digo alívio porque toda temporada era a mesma coisa: eu queria promover melhorias e não podia”, declarou a empresária.

O hotel fechou as portas no último dia 6 de janeiro, em plena a alta temporada turística, com taxa de ocupação perto de 100%, na contramão do bom momento vivenciado pela rede hoteleira do Litoral Norte de Alagoas. Foram extintos cerca de 40 postos de trabalho, todos ocupados por moradores de São Miguel dos Milagres.

Segundo Lores, ela investiu R$ 600 mil logo que recebeu o hotel, em 2004, após falência da Varig, que o administrava através da Rede Tropical. “A estrutura do hotel é antiga e precisa de melhorias, mas eu não podia mais investir porque há um litígio entre o proprietário do hotel e o banco”, argumentou a empresária.

Grupo investidor de São Paulo já está realizando estudo para reabrir hotel

Grupo investidor de São Paulo já está realizando estudos para reabrir hotel

Ouvida pela Gazeta, a secretária de Estado do Turismo, Danielle Novis, lamentou o fechamento do Costa dos Corais, mas acredita que, em breve, o resort reabrirá as portas. “A região de São Miguel dos Milagres está muito bem na fita e, logo, logo, o hotel despertará o interesse de algum investidor”, disse Novis. De fato. A Gazeta apurou que um grupo de investidores de São Paulo (SP) já iniciou o levantamento da situação estrutural do hotel para reabri-lo dentro seis meses.

“Não sei se foi feito um arrendamento ou aquisição. O fato é que o hotel vai reabrir. A estimativa é de seis meses, mas creio que se consegue abrir antes, vai depender do projeto arquitetônico que se pretende fazer aqui. É preciso uma revitalizada nas partes estrutural, elétrica, hidráulica, de telefonia, enfim, de infraestrutura geral”, afirmou o relações públicas Roberto Valença, contratado pelo grupo de investidores.

Fonte: Gazeta de Alagoas (Sucursal Maragogi)

Tags:,

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Fernando Vinícius

    Triste e surpreso com a notícia sobre o fechamento do resort, mas que seja para melhorar a estrutura desse meio de hospedagem, acredito q propostas não faltarão para reativá-lo, torço por isso, são dezenas de pessoas desempregadas em plena alta temporada na região mais bonita de Alagoas.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *