O réveillon diverso da Costa dos Corais
   Severino  Carvalho  │     31 de dezembro de 2013   │     14:19  │  2

Show pirotécnico no resort Salinas do Maragogi (Fotos: Carlos Rosa)

Show pirotécnico no resort Salinas do Maragogi / Arquivo (Fotos: Carlos Rosa)

O réveillon do Litoral Norte de Alagoas oferece um leque de opções tão diverso quanto as tonalidades de azul e verde do mar da Costa dos Corais.

De Passo do Camaragibe a Porto de Pedras, passando por São Miguel dos Milagres; de Japaratinga a Maragogi, o Ano-Novo será saudado em grande estilo em hotéis e pousadas.

A diversão também é garantida nas ruas e avenidas em shows promovidos pelas prefeituras municipais.O setor hoteleiro comemora a boa ocupação dos leitos.

Segundo o Costa dos Corais Convention & Bureau (CCVB), o Ano-Novo será recebido com casa cheia: 100% das unidades habitacionais do segundo maior polo hoteleiro do Estado estarão ocupadas por turistas de diversas partes do Brasil e do mundo.

“Quem não conseguiu lotar previamente, está lotando agora, de última hora. No geral, tanto os grandes hotéis quanto as pequenas e médias pousadas estarão com a casa cheia para este réveillon”, afirmou a presidente do CCVB, Vergínia Stodolni.

Os turistas que vão passar o réveillon em Maragogi começaram a chegar na última sexta-feira. Muitos compraram pacotes para sete dias. Só no Grand Oca Maragogi Resort, desembarcaram mais de cem turistas portugueses que vieram em voo charter.

Todos os 229 apartamentos do Grand Oca estarão ocupados para o réveillon. Casa cheia também no Salinas do Maragogi. O resort faz uma das festas mais tradicionais do Litoral Norte de Alagoas. A queima de fogos terá 12 minutos de duração. O show pirotécnico acontecerá no mar, sobre balsas.

Gerente-geral do Salinas, Almeida espera mais de mil pessoas para a festa de réveillon

Gerente-geral do Salinas, Almeida espera mais de mil pessoas para a festa de réveillon

A sétima arte dará o tom da festa nos dois hotéis do grupo, um em Maragogi e o outro em Ipioca (Maceió), cujo tema será: “Fim de Ano nos Resorts Salinas é Coisa de Cinema”.

A decoração ficará a cargo da artista plástica Eva Amaral que estenderá o tapete vermelho para receber as estrelas da festa: os hóspedes.

No Salinas do Maragogi, são esperadas mil pessoas para o réveillon. Uma tenda com 1800 metros quadrados foi montada onde acontecerá o evento, animado pela orquestra Fernando Borges.

“Estamos com todos os 236 apartamentos ocupados. Nosso público é composto por 70% de turistas vindos do Sul, Sudeste e Centro-Oeste e 30% regional, dos Estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas”, informou o gerente-geral do Salinas do Maragogi, Ricardo Almeida.

Em Maragogi e Japaratinga, hotéis e pousadas promovem um show pirotécnico à parte. De norte a sul do litoral, pipocam fogos para saudar a chegada do Ano-Novo, num espetáculo de luzes e sons. Na orla marítima, a prefeitura também realizará a queima de fogos formando um só clarão.
Turistas chegam para o réveillon em Maragogi

Turistas chegam para o réveillon em Maragogi

Os artefatos estarão posicionados no mar, sobre balsas. Serão 15 minutos de duração. Após o show pirotécnico, haverá desfile na orla marítima puxado pelo trio-elétrico Cobrão, animado pela Banda Bora-Bora.

Em Japaratinga, a programação da festa organizada pela prefeitura tem início com uma missa campal celebrada na praça Nossa Senhora das Candeias.

Após a celebração, as atenções se voltam para a Praça de Eventos, na orla marítima, onde haverá show pirotécnico e apresentação das bandas “Os Cafonas” e “Arrocha o Mé”.

Um 2014 com saúde e bem-estar
A pousada Ecohar Yoga Ashram, na Avenida Senador Rui Palmeira, em Maragogi, oferecerá a seus hóspedes um réveillon singular, uma forma de ingressar no Ano-Novo com saúde e bem-estar.
A professora Isabel oferece aulas de yoga e meditação em sua pousada

A professora Isabel oferece aulas de yoga e meditação em sua pousada

“Montamos uma programação que vai primar pela alimentação vegetariana, permitindo a desintoxicação do organismo. Teremos ainda a prática do yoga, meditação e aulas de gastronomia e palestras sobre alimentação saudável e meio ambiente”, detalha a professora de yoga e proprietária da pousada, Isabel Sehbe.

O estabelecimento tem apenas seis suítes, que estão ocupadas desde a última sexta-feira, quando começaram a chegar os hóspedes que vão passar o réveillon. Além da programação interna, os clientes poderão realizar trilhas pela mata atlântica e passeios de bicicleta e caiaque.

“A pousada completa cinco anos no próximo mês e vem atraindo um público seleto, adepto do vegetarianismo e do yoga e que busca qualidade de vida, acima de tudo. São hóspedes que nos visitam e retornam porque gostaram da estadia e dos serviços. A nossa propaganda é o boca a boca”, relata Isabel.

“Aqui é tudo muito caprichado, parece até que a gente está em casa e que conhece a Isabel há muito tempo”, confirma a designer carioca Luiza Chamma, 28 anos, que passou o Natal hospedada na Echoar.

Japaratinga
Fã do cantor alagoano Djavan, Mota fugiu do agito de Copacabana para passar o réveillon  em Japaratinga

Fã do cantor alagoano Djavan, Mota fugiu do agito de Copacabana para passar o réveillon com a família em pousada de Japaratinga

O funcionário público Sérgio Mota, 40 anos, também procurou uma pousada para saudar o Ano-Novo junto com a família, só que em Japaratinga, cidade vizinha a Maragogi, no Litoral Norte do Estado.

Morador de Copacabana, no Rio de Janeiro (RJ), ele fugiu da agitação de um dos destinos mais concorridos nesta época do ano para passar o réveillon na plácida praia de Barreiras do Boqueirão, hospedado na pousada Vila de Taipa.

Fã do cantor alagoano Djavan, essa é a quarta vez que ele vem ao Estado com a família.

“Escolhi Japaratinga pela natureza preservada e pelo povo hospitaleiro e educado. Gosto do bom serviço e isso, no Rio de Janeiro, esta época do ano, é muito difícil por causa da agitação”, declarou Mota, antes de um mergulho com os dois filhos na piscina da pousada.

São Miguel dos Milagres

Em praias de São Miguel dos Milagres e Passo do Camaragibe acontece a 3ª edição do “Réveillon Tamo Junto (TJ)”. O evento movimenta a economia da Rota Ecológica, destino turístico formado por estabelecimentos hoteleiros requintados.

Segundo o trade turístico, a rede hoteleira da região estará com todos as unidades habitacionais ocupadas durante a virada do ano. Quem não consegue vaga em hotéis e pousadas, acaba se hospedando em casas de veraneio disponibilizadas pelos moradores que aproveitam a grande movimentação de turistas para faturar com os aluguéis.

A 3ª edição do Réveillon TJ começou na última sexta-feira, com a chegada do público: centenas de jovens do Sul e Sudeste do País que desembolsam, em média, R$ 4 mil para curtir seis dias de festa em terras alagoanas, até o dia 4 de janeiro, com direito a muita música eletrônica.

Tags:

>Link  

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *