Costa dos Corais espera atrair turistas durante a Copa do Mundo de futebol
   Severino  Carvalho  │     3 de setembro de 2013   │     19:03  │  1

Gilson Novo proferiu palestra ao trade da Costa dos Corais (Foto: Carlos Rosa)

A Costa dos Corais, no Litoral Norte de Alagoas, será beneficiada pelo fluxo turístico gerado pela Copa do Mundo Fifa de Futebol, em 2014. A afirmação é de Gilson Novo, especialista em logística de grandes eventos. Ele proferiu palestra ao trade turístico da região e apresentou as estratégias para a captação de clientes durante o torneio internacional.

“Imagina ficar hospedado em Maragogi ou Japaratinga durante a Copa do Mundo? Seria uma maravilha! Eu mesmo assistiria aos jogos em Pernambuco e voltaria para descansar aqui”, salientou Novo.

Com o tema “Turismo de Incentivo como Oportunidade na Copa e Grande Eventos”, a palestra foi proferida na sala de reuniões do hotel Praia Dourada, em Maragogi. A iniciativa foi do Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCVB) e Maceió Convention & Visitors Bureau (MCVB), em parceria com as prefeituras de Maragogi e Japaratinga.

“Sem sombra de dúvidas que as cidades, sobretudo as litorâneas, próximas das grandes capitais ou das grandes sedes, naturalmente vão absorver tráfego turístico, não só o excedente, mas também o selecionado. São pessoas que desejam ficar um pouco mais afastadas das cidades-sedes para fugir do grande movimento”, declarou.

Novo revelou que, durante a Copa do Mundo da África, cidades que não eram sedes acabaram beneficiadas pelo fluxo turístico gerado a partir do torneio internacional de futebol. Ele expôs ao trade da Costa dos Corais, durante a palestra, como captar esses clientes.

“A Ilha de Maurício, situada a cinco horas de voo de Joanesburgo, foi uma área onde ficaram clientes que participaram do evento esportivo. Há possibilidade de isso vir a ocorrer aqui também com uma distância aproximada de 100 km. É só fazer o trabalho, buscar os clientes que queremos junto aos patrocinadores, sejam da Fifa ou da CBF, que vão fazer os grupos. Temos de conversar com esses patrocinadores, com os operadores e vender o destino”, explicou Novo.

Joselito Ferreira, sócio-proprietário de uma agência de turismo, declarou que é grande a expectativa do trade. Ele acredita que a Copa deixará um legado importante para a região.

“Na África do Sul, ficou um fluxo após o torneio. Esperamos que isso aconteça também aqui. Vamos fazer um trabalho bem feito, com profissionalismo, para termos uma boa ocupação”, disse Ferreira.

Novo relatou ainda que o turista de Copa do Mundo tem a característica de assistir aos jogos e, no intervalo entre as partidas, aproveitar para conhecer a região.

Tags:

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *