Monthly Archives: agosto 2013

Encontro comercial da Braztoa terá novo formato
   Severino  Carvalho  │     29 de agosto de 2013   │     18:25  │  0

Braztoa

Serão 1,4 mil metros quadrados divididos entre 64 associados da Braztoa, que terão ainda mais visibilidade (Divulgação)

A Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) chega ao 40º Encontro Comercial e promete muitas novidades. A partir dessa edição, o evento do segundo semestre acontece em parceria com a ABAV – Feira de Turismo das Américas que, este ano, será realizada entre os dias 4 e 8 de setembro, no Anhembi, em São Paulo.

Segundo os organizadores, as inovações começam pela localização privilegiada do 40º ECB, que ficará próximo à Praça de Alimentação e Vila do Saber, espaço com 12 salas para palestras, fóruns e seminários que acontecerão durante os cinco dias de evento.

Além disso, o antigo fluxo de visitação obrigatória foi extinto e os agentes de viagem terão mais liberdade de deslocamento.

De acordo com os organizadores, serão 1,4 mil metros quadrados divididos entre 64 associados da Braztoa, que terão ainda mais visibilidade, com nova identidade visual e o slogan “As melhores operadoras de turismo do Brasil”.

A arquitetura dos estandes também está mais dinâmica e moderna, permitindo que as operadoras explorem novas formas de comunicação, entre elas imagens dos destinos e produtos que comercializam, informam os organizadores do evento.

Uma programação de capacitações e debates, que será divulgada nos próximos dias, está sendo elaborada pela Braztoa com o intuito de gerar ainda mais benefícios para os agentes de viagem, explorando temas que permeiam o dia a dia desses profissionais e podem ajudá-los a vender mais e melhor.

No primeiro dia da feira, a entidade organiza um coquetel para celebrar os 40 encontros comerciais realizados, reunindo toda a diretoria da associação, operadoras e agentes que fizeram e fazem parte dessa história.

Consolidada como uma das mais importantes e representativas entidades do turismo brasileiro, com abrangência nacional, a Braztoa congrega as mais conceituadas empresas do setor. Atualmente, são 97 associados, entre operadoras de turismo e empresas de representação de produtos e destinos nacionais e internacionais, responsáveis por cerca de 90% dos pacotes turísticos comercializados no Brasil.

Entidade sem fins lucrativos, a Braztoa promove ações e parcerias que valorizam as atividades empresariais dos associados, apoiando o desenvolvimento do mercado turístico de forma sustentável.

Entre os objetivos da entidade está o de valorizar a atuação de seus associados em regime de mercado organizado, liberdade de iniciativa e lealdade de concorrência. Para isso, a Braztoa desenvolve atividades em três vertentes: “institucional”, de “fomento” e de “promoção e apoio à comercialização”.

Com informações da assessoria

Tags:,

>Link  

Festival da Lagosta de Maragogi e Japaratinga acontece em novembro
   Severino  Carvalho  │     28 de agosto de 2013   │     11:50  │  0

Apresentação do Festival da Lagosta 2013 aconteceu em Japaratinga (Foto: Carlos Rosa)

A 4ª edição do Festival Gastronômico da Lagosta de Maragogi e Japaratinga acontece, este ano, em novembro, entre os dias 9 e 17.

Para os organizadores, o evento servirá de “start” (partida) para a alta estação turística, que se avizinha.

O projeto do festival gastronômico foi apresentado ao trade turístico na sexta-feira (23), na sala de reuniões do Hotel Albacora, em Japaratinga.

O evento, realizado nas edições anteriores durante a baixa estação, é promovido numa parceria entre o Costa dos Corais Convention&Visitors Bureau (CVB) e as prefeituras de Japaratinga e Maragogi.

“Nossa intenção é fazer a abertura do verão com o Festival da Lagosta, elevando o fluxo turístico na região já a partir de novembro”, destacou a diretora executiva do CVB, Talita Pires.

Festival apresenta pratos diversificados à base de lagosta (Divulgação)

Festival apresenta pratos diversificados à base de lagosta (Divulgação)

A secretária de Turismo de Maragogi, Mariana Gorenstein, revelou que o Festival Gastronômico da Lagosta será divulgado durante a ABAV, a maior feira de turismo das Américas, que acontece no próximo mês em São Paulo (SP).

“Nossa proposta, nesta edição do Festival da Lagosta, é montar uma tenda gastronômica na Praça de Eventos, cuja estrutura vai possibilitar a realização de atividades, como a venda de artesanato, aulas-show com chefs renomados e apresentações culturais”, revelou Mariana.

Ela recorda que no ano passado, 20 empreendimentos, entre hotéis, pousadas e restaurantes, participaram do festival gastronômico e que, nesta edição, o objetivo é elevar ainda mais o número de participantes.

Fonte Gazeta de Alagoas (Sucursal Maragogi)

Tags:

>Link  

Rede hoteleira de Maragogi prepara-se para a temporada turística
   Severino  Carvalho  │     27 de agosto de 2013   │     12:16  │  0

Piscinas naturais de Maragogi (Fotos: Carlos Rosa)

Piscinas naturais de Maragogi (Fotos: Carlos Rosa)

Ainda estamos no inverno, mas para o trade turístico do Litoral Norte de Alagoas, sobretudo Maragogi, a temporada 2013 / 2014 já começou.

A rede hoteleira se prepara para receber os milhares de turistas e investe na contratação de mão de obra e na ampliação do número de leitos.

Outros empreendimentos vão “debutar” nesta estação, cuja expectativa é a melhor possível.

“Esperamos um fluxo ainda maior do que a temporada passada, algo perto de 100%, entre dezembro e o carnaval (março)”, aposta a secretária municipal de Turismo de Maragogi, Mariana Gorenstein.

Inaugurada em setembro de 2011, a Pousada Tartaruga, localizada na Orla Marítima, vai passar dos atuais nove apartamentos para 17 unidades habitacionais. O investimento tem a ver com o crescimento da procura pelo destino Maragogi.

“Na temporada passada, se tivéssemos mais apartamentos, tínhamos alugado. Com a ampliação, também poderemos receber grupos inteiros através de excussões. Essa é uma fatia de mercado interessante”, aposta o pousadeiro Guillermo Novolísio.

Do empreendimento de pequeno porte ao gigante, a ordem é crescer. Com 229 unidades habitacionais, o Grand Oca Maragogi Beach Resort também investe na ampliação do número de leitos. Para esta temporada, serão mais 40 unidades habitacionais em funcionamento.

“Estamos aqui nos organizando, terminando as reformas e ampliações para chegar na temporada com tudo pronto”, afirmou a gerente comercial do Grand Oca, Susana Villanueva.

Vendas antecipadas

Ricardo Almeida, gerente-geral do Resort Salinas

No próximo mês, o Salinas do Maragogi All Inclusive Resort inicia o processo de recrutamento de funcionários temporários que vão ocupar funções operacionais como garçom, camareira e monitor de lazer.

O acréscimo no quadro funcional se faz necessário para atender o aumento do fluxo de hóspedes durante a alta estação turística (dezembro de 2013 a março de 2014).

Segundo o gerente-geral do hotel, Ricardo Almeida, a taxa média de ocupação dos 236 apartamentos deve variar entre 95% e 100%.

“Devemos contratar cerca de 50 profissionais”, destacou ele. De acordo com Almeida, até agora, 80% dos pacotes oferecidos para as festas de Natal e Réveillon já foram comercializados.

“As pessoas estão comprando os pacotes, cada vez mais, com antecedência. Elas se planejam. Observando essa grande procura, acredito que teremos uma temporada igual ou até melhor do que a anterior, que também foi muito boa”, destacou Almeida.

Ela acredita que a alta do dólar inibiu as viagens internacionais, favorecendo o turismo interno. Em contrapartida, salienta, o Brasil passou a ser, novamente, um destino atraente do ponto de vista econômico para o público estrangeiro em razão da desvalorização do Real frente à moeda norte-americana.

Proprietário do Hotel Praia Dourada, Hanna Daher aposta que a temporada 2013 / 2014 será ainda melhor em termos de ocupação se comparada à alta estação anterior.

“Acredito que teremos um acréscimo de 40% na taxa de ocupação. Com isso, vamos elevar de 20% a 30% o nosso quadro de funcionários”, destacou Daher.

O Praia Dourada é o terceiro maior hotel de Maragogi, com 132 apartamentos.

Arrumando a casa

Mariana, secretária de Turismo de Maragogi

Com mais de 1.100 unidades habitacionais, Maragogi é considerado o segundo maior polo hoteleiro do Estado.

Para esta temporada, a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Turismo, anunciou uma série de ações para “arrumar a casa” e receber da melhor forma os visitantes.

A secretária municipal de Turismo, Mariana Gorenstein, diz que o primeiro passo é preparar a praia, realizando um trabalho de limpeza geral. A orla marítima, segundo ela, receberá atenção especial.

As obras de requalificação já foram retomadas e o objetivo é concluir os serviços antes do início da temporada. Na semana passada, refletores e lâmpadas queimadas foram substituídas.

“A empresa está trabalhando na obra de contenção do avanço do mar na orla e depois vai se concentrar no calçadão, que esperamos que esteja pronto até novembro, mês que será realizado o Festival da Lagosta. Se não conseguirmos, vamos deixá-lo mais arrumado”, afirmou Mariana.

No início do mês, a prefeitura anunciou a publicação do edital de licitação para ocupação dos espaços (bares e restaurantes) da orla marítima de Maragogi, que deve ser lançado até outubro.

O processo é uma exigência da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), que determina ainda a padronização dos imóveis.

“A licitação está mantida, mas nosso objetivo é convencer a SPU a adiar as obras de reforma (padronização). Não queremos chegar à alta estação com a orla em obras e sem estrutura de bares e restaurantes para receber os turistas”, ponderou a secretária.

Em parceria com a Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária, estabelecimentos que comercializam alimentos e bebidas serão vistoriados.

Objetivando conferir maior segurança aos banhistas nas piscinas naturais de Maragogi, formações recifais a 6 km da costa, a prefeitura contratou quatro técnicos em enfermagem que vão atuar naquelas áreas de banho em uma “ambulancha”, embarcação adaptada e equipada para disponibilizar os primeiros-socorros até o encaminhamento do paciente a uma unidade de saúde, em terra.

Mariana conta que a aquisição do equipamento e disponibilização de uma equipe de profissionais aconteceram depois que uma turista mineira sofreu um mal súbito nas Galés e faleceu, em abril. “Trata-se de uma ação preventiva”, destacou.

Fonte: Gazeta de Alagoas (Sucursal Maragogi)

Tags:

>Link  

Costa dos Corais recebe visita da Caravana Discover Brasil
   Severino  Carvalho  │     24 de agosto de 2013   │     14:10  │  0

Atrativos naturais da Costa dos Corais serão apresentados durante o famtour (Foto: Severino Carvalho)

Atrativos naturais da Costa dos Corais serão apresentados durante o famtour (Foto: Severino Carvalho)

Piscinas naturais de Maragogi, o santuário do peixe-boi marinho em Porto de Pedras, enfim a fantástica costa Norte alagoana. Os atrativos turísticos da região serão apresentados a um grupo de operadores e agentes de viagens da Argentina, Chile, Uruguai, Peru e Colômbia.

Eles desembarcam neste sábado em Maragogi e permanecem no Estado até o dia 26. Conhecerão também Maceió. A capital alagoana e Maragogi foram escolhidos pelo governo federal como os dois destinos indutores do turismo regional em Alagoas.

Em Maragogi, o grupo fará visitas técnicas aos três maiores hotéis instalados na cidade: Salinas, Grand Oca e Praia Dourada. Os agentes e operadores provarão ainda das delícias da culinária regional em restaurantes de Japaratinga e Maragogi.

Eles fazem parte da Caravana Discover Brasil e farão um famtour pela região da Costa dos Corais e Maceió para conhecer a rede hoteleira e os atrativos com objetivo de oferecer comercialmente o destino turístico alagoano em seus países de origem.

A Caravana é uma realização da EMBRATUR, Latam e Secretaria de Estado do Turismo (Setur-AL). No Litoral Norte, a iniciativa conta com o apoio da prefeitura de Maragogi e Costa dos Corais Convention&Visitors Bureau (CVB).

No dia 26, eles participarão de uma rodada de negócios com os principais hotéis do Estado, além de assistirem a uma apresentação sobre o destino. Os dois momentos acontecem no Ritz Lagoa da Anta, às 8 horas. Atualmente, Alagoas trabalha com 18 agências da Argentina, 11 do Chile, 10 do Uruguai, 4 do Paraguai e 2 do Peru.

Tags:

>Link  

As estrelas estão de volta
   Severino  Carvalho  │     20 de agosto de 2013   │     11:59  │  0

Utilização caiu em desuso ou ficou banalizada

Estrelas: utilização caiu em desuso ou ficou banalizada

Tempos atrás se escolhia o hotel em que se desejava ficar por meio das estrelas estampadas em local de destaque nas fachadas dos estabelecimentos.

O sistema de classificação, entretanto, caiu um pouco em desuso ou foi banalizado em muitos casos.

Desde de 2011, porém, o Ministério do Turismo (MTur), por meio da portaria número 100 (de 16 de junho) instituiu o Novo Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass), estabelecendo os critérios de classificação destes e criando o Conselho Técnico Nacional de Classificação de Meios de Hospedagem (CTClass).

O novo sistema se constitui numa ferramenta eficiente de comunicação entre o setor hoteleiro e os turistas. Tem como objetivo orientá-los em suas escolhas de maneira clara e objetiva.

Vale lembrar que a classificação de meios de hospedagem é largamente utilizada por países líderes no turismo.

O Novo Sistema de Classificação de Meios de Hospedagem brasileiro é voluntário. Mas para isso é necessário que o estabelecimento esteja cadastrado no Ministério do Turismo por meio do Cadastur.

A classificação é válida por um período de três anos, podendo ser renovada por igual período de tempo. As avaliações serão feitas por inspetores competentes nas instalações do Meio de Hospedagem.

O Sistema Brasileiro de Classificação estabeleceu sete tipos de Meios de Hospedagem, para atender a diversidade da oferta hoteleira nacional (Hotel, Resort, Hotel Fazenda, Cama & Café, Hotel Histórico, Pousada e Flat/Apart-Hotel) e utiliza a consagrada simbologia de estrelas para diferenciar as categorias.

Considerando que cada tipo de meio de hospedagem reflete diferentes práticas de mercado e expectativas distintas dos turistas (um Hotel 5 estrelas é diferente de uma Pousada 5 estrelas, por exemplo), o SBClass estabeleceu categorias específicas para cada tipo:

  • Hotel – de 1 a 5 estrelas
  • Hotel Fazenda – de 1 a 5 estrelas
  • Cama & Café – de 1 a 4 estrelas
  • Resort – de 4 a 5 estrelas
  • Hotel Histórico – de 3 a 5 estrelas
  • Pousada – de 1 a 5 estrelas
  • Flat/Apart-Hotel – de 3 a 5 estrelas

Mais informações: http://www.classificacao.turismo.gov.br/MTUR-classificacao/mtur-site/index.jsp

Tags:, , ,

>Link