Serra Gaúcha e Costa dos Corais: a harmonização perfeita
   Severino  Carvalho  │     9 de maio de 2013   │     12:21  │  0

O Verve foi um dos vinhos mais apreciados durante a degustação

O Verve foi um dos vinhos mais apreciados durante a degustação (Fotos: Severino Carvalho)

Durante o Festival Gastronômico da Lagosta, edição de 2011, fui à pousada Praiagogi, na tranquila praia do Camacho, em Maragogi. Na ocasião, o chef e proprietário do estabelecimento, Sandrijn Van Hoof, me sugeriu o vinho Pizzato Merlot para acompanhar o jantar, cujo prato era à base de lagosta grelhada, desenvolvido especialmente para o festival. Acatei a dica e confesso que aprovei a harmonização sugerida pelo chef.

Apesar de ser um apreciador da bebida, não chego a ser um especialista em vinhos – é verdade; me considero um curioso e busco sempre aliar qualidade e custo-benefício, afinal existem rótulos que entrariam em desarmonia com o meu salário de jornalista.

A linha Pizzato permite-nos provar desta bebida sagrada sem, porém, cometer pecados financeiros. Nos pontos de venda, o Pizzato Merlot Reserva pode ser encontrado entre R$ 35 e R$ 40. O preço eleva-se um pouco nos restaurantes em função do serviço pela casa.

Ainda não é possível encontrar o produto à venda em Alagoas em estabelecimentos do gênero ou nos mercados, mas devagarzinho a Pizzato começa a chegar ao Estado: descendo a Serra Gaúcha, singrando as águas mornas e calmas do Litoral Norte e aportando em Maragogi.

Na carta do restaurante Tuyn, da Pousada Praiagogi, encontram-se algumas opções.

Degustação

O chef Sandrijn serve o convidado durante a degustação oferecida pela Praiagogi

Foi lá que recentemente a Pizzato realizou uma degustação para o trade e a imprensa. Donos de hotéis, pousadas e de restaurantes trocaram informações e contatos com os representantes comerciais da empresa gaúcha a fim de disponibilizar os produtos da linha Pizzato a seus clientes. O blog entrevistou a gerente da empresa, Jane Pizzato.

Costa dos Corais – Fale um pouco como começou a história da Pizzato no Brasil

Jane – A Pizzato é uma empresa familiar de origem italiana, tradicional do Rio Grande do Sul na produção agrícola. Eu sou da quarta geração da família e em 1999 começamos a vinificação do nosso primeiro vinho, produzido até hoje, que é o Pizzato Merlot Reserva.

Costa dos Corais – Como e onde acontece a produção?

Jane – Nós temos aí desde a enologia própria com o Flávio Pizzato, que é o enólogo da empresa, e a parte agrícola que também é própria. É bastante importante você ter esse controle. Nós temos no total 42 hectares de vinhedos dentro da Serra Gaúcha, divididos em duas áreas: Vale dos Vinhedos e fora do Vale dos Vinhedos, onde temos os vinhos com as marcas Fausto.

Costa dos Corais – Qual a proposta da Pizzato?

Degustação disponibilizou os vinhos Pizzato e da linha Fausto, frutados, jovens e de corpo médio

Degustação disponibilizou os vinhos Pizzato e da linha Fausto: frutados, jovens e de corpo médio

Jane – A proposta do vinho Pizzato para o mercado brasileiro e o internacional é a mesma. Nós temos um primeiro compromisso que é conosco mesmo. Nós elaboramos vinhos dos quais a família Pizzato gosta e com isso vamos buscar encontrar o consumidor que se identifique com essa proposta.  A ideia principal da marca é levar vinhos de qualidade com bom custo-benefício.

Costa dos Corais – Qual o mercado alvo da Pizzato?

Jane – A Pizzato tem uma preocupação de onde chegar não sair mais. A gente começou um processo de comercialização há dez anos com um trabalho fora da empresa, feito próximo de nossa casa, nas regiões Sul e Sudeste. Estruturados e aparecendo as oportunidades, passamos a ampliar para as outras áreas, sempre com boas pessoas, bons parceiros, ao nosso lado.

Costa dos Corais – Em Alagoas, quando a Pizzato chega aos pontos de venda?

Jane – Nós já estamos em Recife, Belém do Pará, Natal, em Manaus e esperamos que Alagoas chegue logo como oportunidade. Queremos ampliar muito mais o nosso trabalho e nossa atividade. Para Pizzato é muito importante estarmos no Estado de vocês. Temos uma grande expectativa que a gente possa ter o Pizzato mais acessível a todos os alagoanos logo, logo. Queremos criar oportunidades para que vocês nos conheçam mais como identidade-empresa.

Costa dos Corais – Pelo menos aqui na Praiagogi já é possível provar dos vinhos Pizzato, não é verdade?

Jane – O perfil de cliente que procuramos está relacionado ao vinho. Maragogi é uma referência em se tratando de praia e de boas pousadas, como essa. Estamos muito contentes que a Praiagogi tenha escolhido a Pizzato para ser o espumante e o vinho da casa.

Costa dos Corais – Fale-me um pouco sobre as características do Verve Grand Reserva servido durante a degustação e um dos mais apreciados pelos participantes.

Jane apresenta o Verve

Jane apresenta o Verve

Jane – Começamos a vinificação com os vinhos varietais, nas marcas Fausto e Pizzato. Os Faustos são vinhos mais competitivos, mas eles têm níveis de qualidade tão equivalentes quanto à Pizzato e para reforçar isso resolvemos elaborar um vinho de corte, de mescla, que envolve três uvas: Merlot, Cabernet e Tannat para um único vinho e aí nasce o Verve, com a mescla destas três variedades. A proposta do Verve é manter um vinho limpo, tanto quanto os Faustos, com mais potência, mas estrutura, com pouco mais de passagem em barrica, porque ele tem essa estrutura. Então vamos encontrar um vinho com um aroma bastante rico, aberto. A gente chama isso de leque aromático, bem complexo. Ele é acessível à boca, tem a fruta presente, mas não é um vinho tão pesado, apesar de encorpado. A parte de adstringência é confortável com bom equilíbrio de acidez. Um vinho realmente para acompanhar a gastronomia.

SERVIÇO:

Pizzato Vinhas e Vinhos

Caixa Postal 2538 – Via dos Parreirais, S/N – Vale dos Vinhedos – 95700-972,

Bento Gonçalves – RS, Brasil.

Fone / fax: (54) 3459-1155

http://www.pizzato.net/

e-mail: pizzato@pizzato.net

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *