Rota Ecológica é destaque na revista de bordo da TAM
   Severino  Carvalho  │     18 de dezembro de 2012   │     15:25  │  0

Dois exemplares de peixe-boi no rio Tatuamunha em Porto de Pedras (Foto: Severino Carvalho)

Com o título “Equilíbrio Natural”, a revista de bordo da TAM, edição de dezembro, apresenta reportagem sobre o projeto Peixe-Boi Marinho, desenvolvido nos municípios de São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras através da Fundação Mamíferos Aquáticos. A matéria trata do turismo de observação do peixe-boi marinho, animal ameaçado de extinção mas que encontrou na Costa dos Corais alagoano um verdadeiro santuário.

Capacitados e credenciados pelo Centro de Mamíferos Aquáticos (CMA) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 20 condutores e outros 22 remadores, reunidos em associação, sobrevivem realizando, diariamente, o turismo de observação do peixe-boi, que atrai os olhares dos turistas que se hospedam nas pousadas requintadas da Rota Ecológica, como ficou conhecido o destino Porto de Pedras / São Miguel dos Milagres.

O projeto Peixe-Boi Marinho tem 30 anos de atuação nas áreas de resgate e reabilitação de filhotes órfãos e, desde 1994, tem realizado a reintrodução e o monitoramento desses animais. Foi no estuário do Rio Tatuamunha, em Porto de Pedras, que o CMA instalou o cativeiro de readaptação do projeto. É para lá que são levados os filhotes, reabilitados e devolvidos à natureza, posteriormente.

Em outra matéria, na mesma revista da TAM, a praia do Patacho, em Porto de Pedras, é mais uma vez citada como uma das mais bonitas do Brasil Em janeiro, um vídeo, produzido pela TAM sobre a Costa dos Corais, será exibido nas aeronaves da companhia e também poderá ser visto no youtube.

A secretária de Estado do Turismo, Danielle Novis, afirmou que a divulgação na revista de bordo da TAM é uma ótima oportunidade de promover o destino Alagoas, ainda mais quando os assuntos são: sustentabilidade e belezas naturais.

“Desenvolver o projeto Peixe-Boi: Conhecer para Proteger, num lugar tão lindo e com a presença do peixe-boi de forma tão marcante na vida da comunidade tem sido um experiência incrível”, ressalta a vice-presidente da Fundação Mamíferos Aquáticos, Maíra Braga.

Tags:

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *