Temporada turística é uma das melhores na Costa dos Corais
   Severino  Carvalho  │     12 de dezembro de 2012   │     9:22  │  0

Hotéis da Costa dos Corais estão com ocupação acima de 90% (Fotos Carlos Rosa)

A temporada 2012/2013 está sendo considerada um marco na virada do turismo alagoano. A expectativa é receber, entre os dias 18 de dezembro e 20 de fevereiro, cerca de 250 mil, um crescimento de 25% em comparação ao mesmo período anterior. Dados da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH) apontam que Alagoas tem o turismo de lazer que mais cresceu, nos últimos anos.

Quando o assunto é alta estação turística, bons ventos também sopram em direção ao Litoral Norte do Estado, segundo maior pólo hoteleiro. A expectativa do trade é que a taxa de ocupação se mantenha, entre dezembro até o carnaval, acima de 90%, de Maragogi a Paripueira, na Costa dos Corais.

“O ano de 2012 foi muito bom para a hotelaria. Os feriados prolongados seguraram a taxa de ocupação em patamares altos. A tendência é que a taxa continue em alta até o final de março”, acredita a presidente da Associação do Trade Turístico de Maragogi e Japaratinga (Ahmaja), Verginia Stoldoni.

Com 1.890 unidades habitacionais e 5.454 leitos disponíveis, a Costa dos Corais alagoana é considerada o segundo maior polo hoteleiro de Alagoas, só ficando atrás da capital Maceió e da região metropolitana. O destino turístico é um dos mais procurados do País, destacando-se por uma rede hoteleira bem estruturada – são 96 empreendimentos – e que oferece opções diversas que vão desde pousadas requintadas (de charme) situadas na Rota Ecológica, passando pelos hotéis-fazendas, até os resorts instalados em Maragogi.

A presidente da Ahmaja recorda que em 2012 os efeitos negativos da baixa estação não foram tão sentidos como em anos anteriores, quando a lamentação por parte dos empresários era generalizada, isso porque, agora, a ocupação se manteve em patamares razoáveis para o período. Os feriadões prolongados ajudaram a elevar a procura pelos meios de hospedagem da Costa dos Corais.

Praia de Japaratinga, Barreiras do Boqueirão

“A temporada 2012 / 2013 não será diferente. A expectativa é a melhor possível tanto para os pequenos quanto para os grandes meios de hospedagem”, observou Verginia. De acordo com ela, a consolidação do destino Alagoas, como um todo, favorece o bom momento vivido pela atividade turística no Estado. O trabalho conjunto desenvolvido pelas três esferas de governo, na avaliação dela, também contribuem para este cenário promissor, sobretudo no quesito divulgação.

“Estamos colhendo os frutos plantados lá atrás. Os turistas que nos visitaram estão retornando ou recomendo seus amigos e familiares que venham conhecer Maragogi e Japaratinga. Conhecer a Costa dos Corais hoje, sobretudo Maragogi e Japaratinga, é um desejo, um sonho de muitos brasileiros”, aponta a presidente da Ahmaja.

Rota Ecológica

Caracterizada por pousadas de baixa densidade, voltadas para um público exigente e de alto poder aquisitivo do Sul e Sudeste do País, a Rota Ecológica, entre os municípios de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres, também comemora o bom desempenho da atividade turística. Lá, a alta estação teve início ainda em novembro.

“O movimente está excelente. Todos estão contentes e lotados desde o 1º de novembro. Até a Semana Santa o ritmo será este”, revelou a presidente da Associação Rota Ecológica de Alagoas (Areal), Corine Vard. Ela acredita que a taxa de ocupação deve ficar acima de 90% durante a alta estação, que pode se estender até maio. “Isso vai depender das condições climáticas”, avalia.

O mercado imobiliário também está aquecido em Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres. Segundo a presidente da Areal, a maior parte dos imóveis disponibilizados para aluguel por temporada já está comercializada.

Paripueira

Depois de anos no marasmo, Paripueira também foi beneficiado pelo bom momento vivenciado pelo setor turístico. Ações integradas entre o poder público e a iniciativa privada deram novo ânimo ao segmento hoteleiro e de bares e restaurantes, avalia o presidente da Associação de Fomento ao Turismo de Paripueira e Barra de Santo Antônio (Asfotur), Vanderlei Turatti.

“A partir do natal até o carnaval, todas as pousadas estarão lotadas”, anuncia Turatti. Paripueira possui hoje quatro estabelecimentos hoteleiros que somam 60 apartamentos e 180 leitos. O turista que procura o município é regional, ou seja, proveniente de Alagoas e de outros Estados nordestinos.

“Nossa taxa de ocupação este ano foi 60% superior se comparada ao mesmo período de 2011”, revelou o presidente da Asfotur. “Paripueira sempre foi conhecida como um destino para casas de veraneio, agora, além da boa procura por estes imóveis, o setor hoteleiro também comemora os bons números”.

Emprego

Boa ocupação cria novos postos de trabalho

Dados fornecidos pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur) apontam que o setor hoteleiro de Alagoas emprega mais de 4 mil pessoas e que a Costa dos Corais já concentra o segundo maior número de colaboradores do setor, empregando 23% dos profissionais. A região metropolitana de Maceió emprega 58%. Com a alta estação crescem também os postos de trabalho temporários.

Segundo a Associação do Trade Turístico de Maragogi e Japaratinga (Ahmaja), as empresas do setor devem reforçar em 30% seus quadros de funcionários para dar conta da demanda de trabalho resultante da alta temporada. As funções mais requisitadas são garçons, camareiras, motoristas e cozinheiras.

“Isso é importante porque interioriza a atividade turística, mantendo os trabalhadores em suas regiões de origem, evitando que saiam de casa em busca de emprego em outras partes do Estado e até do País”, avalia o gerente-geral do Salinas do Maragogi All Inclusive Resort, Ricardo Almeida.

Referência no turismo nacional, o Salinas do Maragogi está no topo entre os resorts do Brasil, com ocupação média de 81% durante todo o ano de 2012 – a maior do País. De janeiro até setembro, o índice foi 28% superior ao do mesmo período de 2011.

Com 236 unidades habitacionais, o Salinas do Maragogi surgiu em 1990. Os últimos dois anos de casa cheia não permitiram que a empresa abrisse vagas para trabalho temporário nesta alta estação. A boa notícia é que quem foi contratado em 2010 para permanecer apenas uma temporada acabou efetivado. “Foram 70 funcionários contratados, capacitados e efetivados”, afirmou Almeida.

O resort já está com todas as suas unidades habitacionais comercializadas para as festas de réveillon, carnaval. “Estamos com 100% de ocupação em janeiro e fevereiro de 2013 e com março já registra boa procura: 70% dos apartamentos já estão reservados”, festeja o gerente-geral do Salinas.

Almeida acrescenta que o bom momento também é vivido pelos outros dois grandes hotéis instalados em Maragogi, o Gran Oca e o Praia Dourada. Instalado entre duas capitais (Recife e Maceió), Maragogi acaba se beneficiando das opções diversas oferecidas pelas malhas aéreas dos dois aeroportos internacionais. “O fortalecimento da economia favorece o turismo dentro do próprio País. As pessoas acabam viajando mais”, conclui.

Tags:

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *