Boa expectativa para alta temporada
   Severino  Carvalho  │     12 de novembro de 2012   │     16:20  │  0

A alta temporada chegou e o trade turístico de Alagoas está com boas expectativas. São novos voos nacionais e internacionais, novos hotéis, fluxo crescente no aeroporto e uma ocupação hoteleira que vem se mantendo sempre acima da média brasileira.

A Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas vem trabalhando durante o ano para movimentar a baixa temporada e aquecer ainda mais a alta. Além da entrada de três novos voos regulares diários da Avianca, provenientes dos principais mercados emissores de turistas para Maceió: São Paulo, Rio de janeiro e Brasília, a Setur captou voos extras nacionais e internacionais para os meses de verão.

No Brasil, cerca de quatorze cidades terão assentos extras disponíveis pela operadora CVC para chegar ao Estado, são estimados 30 mil passageiros durante o período. O mercado internacional também foi contemplado. Durante os meses de janeiro e fevereiro chegarão dois voos charter semanais da Argentina. “Como ainda não possuímos uma malha aérea regular internacional, precisamos captar fretamentos como esses da Argentina, que se configura como um dos principais mercados emissores para o país”, explicou Danielle Novis, secretária de Estado do Turismo.

O aumento do número de leitos em Alagoas, que só em 2012 acrescentou mais de dois mil à sua oferta, promete ascender ainda mais com as inaugurações programadas para o final do ano. Até dezembro, o Estado terá mais três empreendimentos hoteleiros, um em Maceió e os outros dois na região de Lagoas e Mares do Sul.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AL), a expectativa de ocupação nos hotéis associados é de 85% no período do Natal e de 98% no Réveillon. Nesses períodos muitos hotéis estão com 100%.

De acordo com o presidente da ABIH-AL, Glênio Cedrim, Alagoas está no caminho certo e as perspectivas são as melhores para o turismo. “Mesmo com o incremento de cinco mil novos leitos na rede hoteleira, a previsão de ocupação para a alta temporada é de quase 100%. A infraestrutura também melhorou, com as obras de saneamento, a duplicação da rodovia AL 101 Sul, facilitando sensivelmente os passeios para 4 grandes atrações turísticas do estado (Praia do Francês, Barra de São Miguel e Gunga, Duas Barras e o Delta do São Francisco), bem como, a ampliação da oferta hoteleira de qualidade e da melhoria e incremento de restaurantes e bares da nossa capital”, explica.

Para o presidente do Grupo de Receptivos de Alagoas, Afonso Dacal, a temporada 2012/2013 será produtiva. “A minha expectativa é muito positiva, acabei de voltar de uma série de visitas a vários estados e as vendas estão de vento em polpa, com os novos voos e fretamentos não tenho dúvidas de que teremos a melhor temporada dos últimos anos”, garantiu.

O presidente da ABAV-AL, Afrânio Lages Filho, também admite que a temporada será positiva. Os novos voos da Avianca e o aumento da oferta hoteleira aquecerão Alagoas. “A rede hoteleira está com ótima ocupação até o carnaval”, disse.

Até o mês de março, Maceió também fica movimentada com a chegada dos cruzeiros marítimos. Serão 13 navios em 19 viagens, totalizando, entre cruzeiristas e tripulantes, mais de 60 mil turistas nessa temporada.

Com o bom movimento em Alagoas, diversos segmentos são beneficiados com a temporada, desde os receptivos de turismo, artesãos, barraqueiros, até os vendedores ambulantes, taxistas e tapioqueiras. Para Danielle Novis, secretária de Estado do Turismo, o setor ganha ainda mais já que o turista gosta e volta ao destino para ficar por mais tempo.

Litoral Norte

Tendo como base a boa ocupação que se manteve durante o ano, Verginia Stoldoni, presidente da Associação do Trade de Maragogi e Japaratinga (Ahmaja), garantiu que a expectativa é a melhor possível com a consolidação dos municípios da região no cenário nacional.

A presidente assegurou que os bons resultados também são consequências das ações da Secretaria de Estado do Turismo, que com a promoção e divulgação das belezas naturais de Maragogi e Japaratinga tem posicionado o destino de forma diferenciada. “Vale destacar também o trabalho realizado pelos nossos associados de maior porte que nos divulgam nos mercados nacional e internacional”.

Para o período de alta temporada foram firmadas parcerias com a Prefeitura Municipal, Associações, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Afirma ainda que será de grande importância para acolhermos bem nossos visitantes. “Teremos a ação de distribuição dos folders da campanha para atrair os turistas a retornar ao nosso destino, e também, estamos organizando a campanha para a limpeza das praias”, conta.

Litoral Sul

A expectativa é que a ocupação hoteleira fique com média de 90% durante os meses de alta temporada. Para o vice-presidente da Associação dos Empreendedores do Litoral Sul (Assert Sul), Bepe Guedes, diversos empreendimentos deve aumentar a taxa com a chegada do réveillon, período que a região é procurada por turistas e alagoanos para curtir a queima de fogos.

Bares e restaurantes

A gastronomia continua sendo um dos atrativos que mais convida turistas para o destino. Segundo Vega Vergetti, vice-presidente da Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel-AL), durante o período que o fluxo de turistas fica mais intenso, diversos empreendimento estão realizando contratações extras e estão esticando o horário de funcionamento para atender bem ao que chega. Danielle Novis afirma que o turismo gera renda e empregos a custos baixos e garante que é um dos setores que mais movimentam a economia no Estado.

Preparação

No dia 1 de novembro, a Setur-AL e representantes do trade discutiram assuntos para estruturação da alta temporada, como: iluminação, segurança, assistência à saúde, estradas, limpeza, postos de informação, pontos de apoio, taxistas, porto, preços, manutenção de ônibus, praias, ambulantes, som e atrativos.

A Setur, através do Cadastur, volta a realizar em parceria com o DER a fiscalização nas rodovias dos litorais. O objetivo é garantir a qualidade e credibilidade do serviço ofertado aos turistas.

 Fonte: Setur

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *