Monthly Archives: setembro 2012

Turista terá locais específicos para justificar voto no dia 7 de outubro
   Severino  Carvalho  │     27 de setembro de 2012   │     9:33  │  0

Pensando em facilitar a vida dos turistas que estarão em Alagoas no dia das eleições municipais (7 de outubro), o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) instalará mesas receptoras de justificativas em locais estratégicos da capital alagoana e de municípios com grande fluxo de visitantes no interior.
  • Para aqueles que chegarão ou deixarão Maceió de ônibus, haverá uma mesa receptora de justificativa na Estação Rodoviária, no bairro do Feitosa. Outra opção será o Fórum Eleitoral de Maceió, situado na Avenida Fernandes Lima, no Farol.
  • No corredor turístico, três mesas receptoras serão instaladas, entre os bairros de Pajuçara e Jatiúca: uma no PM Box do Alagoinhas (Ponta Verde), uma no PM Box do Posto Sete (Jatiúca) e outra no Box do Corpo de Bombeiros (Pajuçara).
  • Na parte alta de Maceió, uma mesa receptora funcionará no Shopping Pátio Maceió, localizado na Avenida Menino Marcelo, no Tabuleiro. No aeroporto Zumbi dos Palmares, já no município de Rio Largo, haverá também uma mesa, no Centro de Informações Turísticas.
Municípios do litoral também terão mesas receptoras
  • Para os visitantes que estiverem no Litoral Norte alagoano, a Justiça Eleitoral também disponibilizará alguns locais com mesas receptoras de justificativas. Em Porto Calvo, o turista deve se dirigir à Câmara de Vereadores do município e, em Maragogi, ao Ponto de Informações Turísticas, orla marítima, na Avenida Senador Rui Palmeira.
  • Em Porto de Pedras, o local para justificar o voto é o cartório eleitoral da 33ª Zona, no centro da cidade e em São Miguel dos Milagres, na Escola Afrânio Salgado Lages, no povoado de Porto da Rua.
  • Em Marechal Deodoro, litoral sul, a mesa receptora será instalada na Praia do Francês, mais especificamente na Escola Municipal Joaquim Loureiro. Lembrando que a justificativa eleitoral pode ser feita, com o preenchimento de um formulário, em qualquer seção eleitoral. Basta que o eleitor porte, no dia da votação, seu título e um documento oficial com foto.
Caso a justificativa não seja entregue no dia da eleição, o eleitor deve apresentar, no prazo de 60 dias após cada turno de votação, requerimento ao juiz eleitoral onde está inscrito, pessoalmente ou pelos Correios.

Tags:

>Link  

Setur comemora Dia Mundial do Turismo e apresenta avanços
   Severino  Carvalho  │     26 de setembro de 2012   │     15:52  │  0

A atividade turística é comemorada mundialmente no dia 27 de setembro. E Alagoas, segundo a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), tem diversos motivos para celebrar. Ao longo do ano, muitos avanços, conquistas e atividades foram realizados para o desenvolvimento do setor, informa a pasta. O fluxo de passageiros no Aeroporto Zumbi dos Palmares, que vem crescendo a cada mês, acima da média brasileira, e a ocupação hoteleira em alta durante todo o ano, com picos de 80 a 100% em feriados prolongados e temporada são sinais de que as ações no segmento geram resultados positivos, considera a secretaria.

Dados divulgados pela Infraero mensalmente mostram que no acumulado ‘janeiro-agosto’, deste ano, o aeroporto Zumbi dos Palmares recebeu 1.100.338 passageiros, um crescimento de 5,92% em relação ao mesmo período de 2011, o que significa 61 mil passageiros a mais.

Segundo a secretária de Estado do Turismo, Danielle Novis, a perspectiva é ultrapassar 1 milhão e 500 mil passageiros na movimentação até o final do ano. “A Setur tem articulado melhorias na malha aérea e redução de ICMS, junto com a Sudene e CTI-NE”, explica.

Novos voos com a empresa aérea Avianca também está programado para o mês que vêm. Serão três voos diários derivados de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Isso facilitará o acesso a alguns dos principais mercados emissores de turistas para Alagoas. Mas não é só o turismo de lazer que cresce, a área de eventos e congressos é outra vertente que vê Maceió como um bom destino.

Exemplo disso são os congressos técnicos e científicos captados, nesta semana, pelo Maceió Convention Bureau, em parceria com a Setur-AL,  que trarão cerca de 4 mil pessoas para a capital nos próximos anos. O que representa boa ocupação nos hotéis e geração de renda para diversos setores, como transportes, restaurantes, feiras e economia informal.

Investimentos

O crescimento visível do turismo se reflete em hotéis lotados e na economia aquecida, relata a Setur. Além disso, a demanda aquecida estimula e incentiva o empresariado a investir no Estado, como é caso da rede hoteleira que se amplia com a construção de hotéis e pousadas, hoje considerados os meios de hospedagens mais modernos e atuais da região Nordeste. Nos últimos três anos, foram inaugurados 12 novos hotéis. Até o fim do ano, mais cinco empreendimentos serão inaugurados e 12 hotéis estão em fase de construção, com previsão de inauguração em 2013 e 2014.

Assim como na área empresarial, o Estado e a capital alagoana vêm recebendo investimentos na área da infraestrutura, que beneficia diretamente o turismo. São estradas, como a duplicação da rodovia AL 101 Sul, de Maceió a Barra de São Miguel, que foi inaugurada no sábado, 22, e que beneficiará diretamente o setor e a região Lagoas e Mares do Sul. Foram implementados 28,5 km de acesso. Além de obras na área de saneamento, como o esgotamento de toda a bacia da Pajuçara, que abrange a parte baixa de Maceió, até Jacarecica.

Ações institucionais

Para que todos esses resultados aconteçam, a Setur, em parceria com secretarias municipais, como a de Maceió (Semptur), Sebrae-AL e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL), desenvolve ações ao longo do ano para divulgação do destino e captação de voos e turistas. São caravanas, feiras, ‘workshops’, ‘road shows’ realizados nos principais mercados emissores para Alagoas.

“Hoje temos maior engajamento entre os municípios turísticos. A Setur vem promovendo encontros com os municípios, tanto para as ações promocionais, quanto para a construção do Plano Estadual do Turismo”, afirma Novis.

Outra ação de visibilidade é a construção do Plano Estadual do Turismo, 2013-2023, pleiteado para se tornar lei será entregue ainda este ano para a comunidade. Um documento de diretriz política que passará de governo para governo.

Ações em conjunto com o Ministério do Turismo (MTur) e com outros parceiros também são realizadas ao longo de todo o ano. Um dos projetos mais importantes em andamento é a estruturação do turismo na região do Rio São Francisco, em conjunto com a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Em andamento estão os projetos Orla e Bandeira Azul, que tem por objetivos respectivos: compatibilizar políticas ambientais e patrimoniais do Governo Federal no trato dos espaços litorâneos e elevar o grau de conscientização dos cidadãos para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro e incentivar a realização de ações que conduzam à resolução dos conflitos existentes.

Campanhas

Atualmente, a Setur vem despontando com duas campanhas: ‘Alagoas: As praias da Copa’ e ‘Maceió: a capital do réveillon’. Ambas divulgadas nos eventos do setor e no material promocional criado pela Setur-AL. O objetivo é destacar Alagoas nos cenários nacional e internacional, mostrando que durantes grandes eventos o Estado tem boa pedida.

Copa- Alagoas foi selecionada pela FIFA, na primeira etapa, para receber treinos de seleções durante o mundial, além de ter nove municípios chancelados pelo MTur como destino turístico no país para receber turistas e nomeados pela Setur-AL de as praias do mundial.

Já a campanha do réveillon é uma forma de promover o destino de qualidade e com ótimas programações, que segundo Danielle, fará da virada do ano em Alagoas a melhor do país.

 

Tags:

>Link  

Clarão no céu foi lixo espacial, diz professor da USP
   Severino  Carvalho  │     25 de setembro de 2012   │     9:43  │  2

O blog entrevistou o professor e pesquisador Amaury Augusto de Almeida do Departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo (IAG/USP) em busca de respostas acerca do fenômeno que surgiu nos céus de Alagoas e de Pernambuco, no sábado 22. Para ele, é bem provável que o bólido incandescente que cortou o firmamento, com mais intensidade em Maragogi, Japaratinga e Porto de Pedras, seja, na verdade, lixo espacial.

Blog – Pessoas relataram que viram uma bola rasgando o céu, de coloração esbranquiçada, seguida de forte estrondo. O que pode ter ocorrido na sua opinião?

Professor – Os relatos das várias testemunhas indicam a entrada de um bólido na atmosfera terrestre e são coerentes com a possível queda de lixo espacial (fragmento de algum satélite desativado). A possibilidade de ser a entrada
de um meteóro na atmosfera terrestre já seria mais remota, considerando 
que durante o mês de setembro não temos a ocorrência de nenhuma chuva de 
meteoros. A análise da coloração da luz proveniente do “clarão” visto no 
céu é muito importante para descartar uma dessas duas possibilidades.

C0mo explicar, então, o estrondo que as pessoas ouviram logo após a passagem?

Um bólido dessa natureza entra na atmosfera terrestre com velocidades
supersônicas e quando a barreira do som é quebrada ouvimos o estrondo.

Por que nenhum órgão de monitoramento rastreou ou detectou essa ocorrência?

Esses eventos isolados ocorrem muito rapidamente e para serem detectados e/ou monitorados, é preciso se dispor de instrumentação específica e de pessoal treinado e dedicado para essas finalidades de patrulhamento.

Tags:

>Link  

O dia seguinte ao clarão
   Severino  Carvalho  │     23 de setembro de 2012   │     12:23  │  34

O dia seguinte à passagem de um suposto meteorito pelos céus do Litoral Norte de Alagoas foi de aparente tranquilidade, embora muitas pessoas ainda busquem explicações para o fenômeno. O clarão surgiu por volta das 19h40 e pôde ser visto com bastante nitidez em Maragogi e Japaratinga. Trinta segundos depois, ouviu-se forte estrondo.

Internautas postaram foto nas redes sociais do que seria a passagem do asteroide por Alagoas

“A luz era fluorescente, branca, seguia horizontalmente do norte para o sul. Depois, ouvi um barulho muito forte, como se algo tivesse caído no mar. Se tivesse caído na terra já estávamos sabendo”, relatou Tony Bleuler, dono de pousada em Japaratinga.  Segundo ele, o mar não apresentou alterações após o surgimento do clarão e a possível queda.

O blog, entretanto, recebeu comentários de diversos internautas que viram o mesmo fenômeno, embora em menor intensidade, em cidades como Campestre, Matriz do Camaragibe, Porto de Pedras, Porto Calvo, Capela e Maceió.

O comandante do 2° Grupamento de Bombeiros Militar (2° GBM), major Germano Lopes, garantiu que nenhum objeto caído do céu foi encontrado no Litoral Norte do Estado,em terra ou mar. “Eu estava em São José da Coroa Grande (Litoral Sul de Pernambuco) e vi a passagem de algo como um meteorito. Acredito que caiu no mar. Provavelmente trata-se de um fenômeno da natureza, pois não tivemos informações de queda de aeronave ou algo parecido”, disse o major.

Segundo ele, diversas pessoas ligaram para a emergência do 2° GBM em buscas de informações e explicações sobre o fenômeno. O assunto ganhou grande repercussão nas redes sociais e até fotos da possível passagem foram postadas. Acompanhe reportagem completa que será produzida pela Sucursal Maragogi da Gazeta de Alagoas na edição da próxima terça-feira 25.

 

Tags:

>Link  

Clarão surge no céu de Maragogi e Japaratinga
   Severino  Carvalho  │     22 de setembro de 2012   │     22:16  │  46

Um objeto não-identificado cortou o céu de Maragogi e de Japaratinga esta noite, por volta das 19h40. Testemunhas afirmaram ao blog que a bola erradiava uma luz branca e que 30 segundo depois ouviu-se forte estrondo. Contactado, o Corpo de Bombeiros Militar informou que recebeu ligações dando conta do ocorrido. Equipes foram a campo, mas até o momento os militares não conseguiram encontrar o tal objeto. Moradores do distrito de São Bento estão bastante assustados. Lá, ouviu-se um forte barulho, segundo informou o comando do batalhão de Polícia Militar. Especula-se tratar de um meteorito e que teria caído no mar. Não há resgistro de vítimas ou de outros fenômenos naturais relacionados. Segundo o site Clima Tempo, o mesmo clarão foi visto em cidades da Mata Sul de Pernambuco, a exemplo de Catende.

 

 

Tags:

>Link