Uma pousada do Caju !
   Severino  Carvalho  │     10 de agosto de 2012   │     12:49  │  4

Esqueça o burburinho dos grandes hotéis, os menus tradicionais e o tratamento impessoal – muitas vezes até mecânico, que lhe é ofertado em muitos destes estabelecimentos. Agora, concentre-se em estar hospedado em uma casa colonial dotada de confortáveis acomodações, verde por todos os lados, gastronomia sofisticada, aconchego e atenção na medida certa. Some-se a isso uma edênica faixa de praia quase deserta e que não deixa nada a desejar à paisagem caribenha. Esse lugar existe e fica aqui em Alagoas, na Costa dos Corais. Trata-se da Pousada do Caju, engastada no povoado Toque, na plácida São Miguel dos Milagres, Litoral Norte do Estado.

 

A pousada integra a chamada Rota Ecológica, um conjunto de estabelecimentos hoteleiros de baixa densidade, com no máximo 15 unidades habitacionais, instalados ao longo do litoral de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres. Mas, a exemplo da excentricidade do caju, a pousada em questão destaca-se pela originalidade e um atendimento personalizado.

“Não basta ter uma pousada sofisticada. É preciso acima de tudo ter uma excelência de serviço e isso é que marca a diferença. Com serviço médio ou ruim, o cliente não volta e qualquer projeto não terá viabilidade”, ensina José Carlos, um dos sócios-proprietários.

O projeto teve início em 2006, com a aquisição da casa colonial por José Carlos e Alírio, sócios-proprietários e portugueses de boa cepa: um com vasta experiência como gerente de grandes hotéis de cadeias internacionais e o outro, designer de interiores. Eles chegaram à conclusão que a propriedade e a região tinham as condições ideais ao desenvolvimento do turismo sustentável e de alto padrão de qualidade. A mão-de-obra é toda ela do próprio município.

“A ideia surgiu-nos ainda na Europa, quando procurávamos um destino no nordeste brasileiro que tivesse potencialidades naturais e turísticas, conjugadas com um clima ideal e não sazonal”, pontuou Alírio. Eles começaram, então, a fazer pesquisas na grande rede, em sites de pousadas postas à venda, e promoveram uma seleção delimitada entre Natal (RN) e Maceió.

“Podemos dizer que foi paixão à primeira vista. Esta pousada era uma réplica de uma casa colonial portuguesa, que ironicamente tinha sido construída por um francês. A casa, o seu jardim, a praia deserta e um investimento compatível”, revelou José Carlos.

A gastronomia é outro atrativo da pousada. O café da manhã, por exemplo, é servido a qualquer hora do dia, basta solicitar. Uma hora antes do almoço e do jantar, o hóspede é convidado a escolher o prato a ser deliciado, em meio ao variado cardápio influenciado pela cozinha portuguesa e mediterrânica. Tudo é feito na hora, com ingredientes fresquinhos: peixes, polvo, camarão e lagostim, regados a um bom azeite e legumes de primeira qualidade, muitos cultivados ali mesmo.

“Bacallhau à Segredo do Caju”

A sugestão para o almoço é o “Bacallhau à Segredo do Caju”. O tempo de espera é de mais ou menos uma hora. Leva Bacalhau do Porto lascado, numa combinação de berinjela e queijo gratinado, envolto em cremoso molho de tomate. Acompanha arroz branco. Eis que Alírio, sempre cortês, reserva um aperitivo de produção caseira: licor de caju. Vale a pena provar. Depois da refeição, o melhor mesmo é se refestelar na rede armada no alpendre da casa-grande, ler um bom livro e dormir.

No jantar, aposte nas massas: frutos do mar, bolonhesa ou tomate seco com camarão são as opções, além da lasanha de bacalhau com espinafre. Se estiver disposto, opte pelo arroz de polvo com lagostins e brócolis. “Não temos um conceito pré-definido sobre o estilo da nossa comida. Há várias influências, mas a principal é logicamente a Portuguesa”, conta José Carlos.

“Pousada de autor”, como são conhecidos esses estabelecimentos refinados, não é sinônimo, porém, de monotonia. A Pousada de Caju oferece agradável piscina dotada de bar molhado e a simpatia do barman Januário, “filho natural” de São Miguel dos Milagres, um mestre na arte de elaborar drinks. Na praia, o hóspede conta com serviço exclusivo de garçom, que monta toda a estrutura à beira-mar. É possível fazer caminhadas, pegar uma bike na própria pousada e sair pedalando ou agendar um passeio de jangada às piscinas naturais. Estas formações recifais ficam bem próximas da costa. Vale ainda conhecer o santuário do peixe-boi marinho, em passeios agendados no próprio estabelecimento hoteleiro.

Piscina com bar molhado

A pousada possui sete quartos superiores, cada um com área de 20 metros quadrados: cama Queen Size, lençóis 100% algodão (Mmartan), travesseiros de penas de ganso, TV LCD 32´´ com sistema multimídia (centenas de filmes e de músicas a um clique), frigobar, ar-condicionado split, ventilador, banheiro em mármore e terraço com rede. As tarifas variam de R$ 340 a R$ 420, na baixa estação; e de R$ 490 a R$ 560, na alta.

Já os três bangalôs de luxo à disposição possuem, cada um, área de 80 metros quadrados, cama kingsize, lençóis 100% algodão (Mmartan), travesseiros de penas de ganso, frigobar, TV LCD 42” com DVD e home theater, sistema multimídia (filmes e música), ar-condicionado split, ventilador, banheiro em mármore dotado de hidromassagem, LCD 32´´, jardim interior e room service. Valores: de R$ 490 a R$ 560, na baixa estação; e de R$ 690 a R$ 790, na alta.

Quarto superior

 

Serviço

Pousada do Caju

Povoado Toque – São Miguel dos Milagres

Tel: (82) 3295 1103 – 9927 1558

www.pousadacaju.com

Tags:

>Link  

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

    1. Severino Carvalho Post author

      As tarifas dos quartos superiores variam.
      Baixa estação: de 340 a 420 Reais
      Alta estação: de 490 a 560 Reais
      Os bungalows de luxo:
      Baixa estação: de 490 a 560 Reais
      Alta estação: de 690 a 790 Reais
      Preços indicados são por dia para 2 pessoas em meia pensão (café da manhã e uma refeição incluída). Há um cardápio bem variado,cujo carro-chefe são os frutos do mar. Os preços dos pratos variam de R$ 49,50 a R$ 100.

      Reply
  1. click home

    A cidade de Porto Seguro no sul da Bahia realmente e um paraiso tropical! Sempre quando o transito caotico aqui em Belo Horizonte comença a ficar impossivel eu fecho meus olhos e sonho deste lugar linda e me sento bem de novo! Um dia vou me mudar para la e montar um empresa de transfer neste paraiso! Abraços Stegeman

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *